Archive for maio, 2005

  • Date: 2005.05.30 | Category: esperança | Response: 0

    Explosão

    Não há nada mais triste que perceber que aquela pessoa em quem depositamos as maiores confianças, os mais profundos planos, as coisas mais bonitas e sagradas, no fim das contas simplesmente não está interessado em nós os suficiente para tentar nos entender, quanto mais nos aceitar como somos. Tão melhor foi para ele construir um ícone que apertava cada vez que queria carinho/colo/atenção/proteção. Mais triste ainda é perceber que fui conivente com uma grande mentira. E naquele momento em que pensávamos que éramos uma dupla, que dois lutavam juntos por um mesmo ideal, ele e eu descobrimos que estávamos sós.

    Entretanto, a grande maravilha de ser só, de ser UM, o milagre da libertação de todas as amarras, é que descobrimos que quando não há laços com pessoas determinadas, o mundo inteiro é nosso irmão, o universo inteiro é nosso para explorar, a vida é uma grande aventura, e ser de ninguém é ser livre para ser o que a vida sugerir que sejamos, a cada minuto. Pois que seja: sou um, mas nenhum outro um vai me impedir de ser o melhor um que este um pode ser.

    Como diz a Joss Stone, estou pegando minha vida de volta.

    Right to be Wrong (Joss Stone)

    I’ve got a right to be wrong
    My mistakes will make me strong
    I’m stepping into the great unknown
    I’m feeling wings though I’ve never flown
    I’ve got a mind of my own
    I’m flesh and blood to the bone
    I’m not made of stone
    Got a right to be wrong
    So just leave me alone

    I’ve got a right to be wrong
    I’ve been held down too long
    I’ve got to break free
    So I can finally breathe
    I’ve got a right to be wrong
    Got to sing my own song
    I might be singing out of key
    But it sure feels good to me
    Got a right to be wrong
    So just leave me alone

    You’re entitled to yout opinion
    But it’s really my decision
    I can’t turn back, I’m on a mission
    If you care don’t you dare blur my vision
    Let me be all I can be
    Don’t smother me with negativity
    Whatever’s out there waiting for me
    I’m going to face it willingly

Tópicos recentes

Comentários

Arquivos

Categorias

Meta