Archive for dezembro, 2005

  • Lições aprendidas

    Date: 2005.12.20 | Category: Asas de Borboleta, luta, Olhares | Response: 0

    I believe I can fly

    Tenho estado ausente. Não ausente em espírito, simplesmente ocupada demais para sentar e escrever aqui algo que faça sentido escrever. Nunca fui de escrever no blog para cumprir agenda. Quando não tenho algo a dizer, simplesmente me calo, e meus leitores – os que ainda têm paciência de vir aqui espiar 🙂 – sabem que têm três anos de histórias para reler e relembrar. Assunto é que não falta!

    Hoje, no entanto, tive vontade de passar aqui para dizer que está tudo bem. O tratamento de radioterapia de meu pai já se encerrou, o de quimio está na reta final. Ele se recupera lentamente, tanto do tratamento (sofrido, tudo isso… tonteiras, quedas, febre, falta de apetite, mau humor…) quanto, parece, do câncer. Estamos otimistas. Entretanto, não está tudo bem porque existe a possibilidade concreta de uma sobrevida longa e tranquila para ele; está tudo bem porque eu achei dentro de mim um centro de serenidade que nunca havia descoberto antes. Isto significa que, o que quer que aconteça, estará sempre tudo bem.

    Esta fé na minha serenidade interior, esta certeza na minha capacidade de lidar com o que a vida me apresentar, é uma conquista importante, e algo que gostaria de dividir com vocês neste Natal que se aproxima. Aconteça o que acontecer na vida de cada um de vocês, lutar, ranger os dentes, ter revolta ou dar margem a desespero não resolve NADA. NUNCA. Silenciar e escutar a voz do coração, a Voz do Alto no canto mais sossegado da sua mente, isto ajuda muito.

    Não tenho capacidade poética ou inspiração divina para escrever um Magnificat, como fez a Virgem; mas, pedindo ao Pernalonga emprestado uma musica bonitinha e despretensiosa do R. Kelly, e agradecendo ao Magic Johnson o exemplo, eu digo piscando o olho: eu REALMENTE acredito que posso voar!

    Beijo, amo vocês. Volto no Natal!

    “I Believe I Can Fly

    I used to think that I could not go on
    And life was nothing but an awful song
    But now I know the meaning of true love
    I’m leaning on the everlasting arms

    If I can see it, then I can do it
    If I just believe it, there’s nothing to it

    I believe I can fly
    I believe I can touch the sky
    I think about it every night and day
    Spread my wings and fly away
    I believe I can soar
    I see me running through that open door
    I believe I can fly
    I believe I can fly
    I believe I can fly

    See I was on the verge of breaking down
    Sometimes silence can seem so loud
    There are miracles in life I must achieve
    But first I know it starts inside of me, oh

    If I can see it, then I can do it
    If I just believe it, there’s nothing to it

    Hey, if I just spread my wings
    I can fly
    I can fly
    I can fly, hey
    If I just spread my wings
    I can fly”

Tópicos recentes

Comentários

Arquivos

Categorias

Meta