• Date: 2003.07.03 | Category: Uncategorized | Tags:

    Quando se vê um produto final como este blog, e nunca se tentou organizar algo parecido, não é possível entender a quantidade de esforço, trabalho, amor e amizade que esta página colorida condensa.

    Naquela coluna de banners, tenho todo um trabalho de arrumação e organização, mais algumas horas de Photoshop; o esforço criativo de algumas pessoas muito especiais, inclusive e principalmente do Dennis, que é pessoalmente responsável pelos banners mais bonitos dali, inclusive o deslumbrante novo banner do Despoina, que acabei de ganhar de presente. Que dizer, Dennis? Já disse tudo a você mais de uma vez, não é? E é tudo verdade, amigo querido. Nestes banners há, principalmente o talento de todas aquelas pessoas linkadas ali.

    Neste Template tenho a lembrança de minha Lobinha, que o descobriu enquanto passeava pela Web e lembrou carinhosamente de mandá-lo para mim. Tenho também o trabalho meticuloso de construção do novo template em substituição do antigo, feito pelo querido Iceman, que sempre está disposto a ajudar no que eu precisar. E sempre apresenta a solução, não importa o quanto tenha de bater a cabeça brilhante que repousa sobre seus ombros gelados.

    Nestes posts tenho sentimentos, sensações, descobertas, palavras minhas e de outros que escrevem, que me emocionaram muito durante os 11 meses que este pequeno pedaço de meu coração está online. Pequeno, disse eu? Praticamente ele todo está aqui. O que eu sorri, o que eu sonhei e o que eu chorei nestes onze meses, está tudo aqui.

    Quero que este lugar continue a atrair pessoas maravilhosas, inteligentes, melhores que eu, como tem feito. Estas pessoas tão especiais têm me pedido um sistema de comentários, mas sinto que não é a hora de fazer isto, já que existem pessoas que querem se apoderar da minha identidade para fazer todo o tipo de baixaria em meu nome impunemente, aproveitando para tentar jogá-lo na lama. Aos queridos que não sabem ainda do que se trata, vão ao Carneiro Preto, há um post explicando os pormenores lá. Não quero falar disto aqui. Apenas menciono isto para que os amigos da borboleta entendam porque ela não abre mais este flanco para o ataque das pessoas que a odeiam, por algum motivo que até hoje me é profundamente misterioso.

    Continuem a vir aqui, continuem a escrever as coisas lindas que vocês me escrevem, continuem a me ajudar na dura jornada da evolução pessoal, e tenham um pouquinho de paciência. Logo vai estar tudo do jeito que deveria, e comemoraremos juntos um ano inteiro de borboletagens!

    Beijos carinhosos a cada um de vocês, vocês sabem quem são.