• Flamenco

    Date: 2004.02.10 | Category: Asas de Borboleta, encantamento | Tags:

    (Ele a rodeia) Olá.
    (Ela enviesa o olhar) Quem és?
    (Segurando a casaca) Eu sou!
    (Abanando o leque) Será?
    (Batendo os calcanhares) Vem cá.
    (Sacudindo a saia) Não vou.
    (Empinando os ombros) Porque?
    (Batendo a castanhola) Não sei.
    (Chegando perto) Tens fome.
    (Afastando-se devagar) Tu também.
    (Sapateando forte) Sou velho.
    (Rodando rápido) Não és!
    (Arqueando os braços) És jovem.
    (Rodopiando) Não sou!
    (Sedutor) E que tem a idade?
    (Sedutora) Nada tem…
    (Encostando) E porque falamos nisso?
    (Pousada em seu ombro) No que?
    (Virando-lhe o rosto) Quero beijar.
    (Rodando veloz) Vem me buscar.
    (Mais sapateado) Vou já!
    (Mais castanhola) Mas já!
    (Mais calcanhares) E se não for já?
    (Girando os pulsos) Amanhã é tarde demais.
    (Agarra-lhe a cintura) Então é já!
    (Encosta-se nele) Já…