• Aftershock

    Date: 2002.08.26 | Category: amor, outonos, vida interior | Tags:

    Fui dormir dentro de uma bolha de dor. Mas a dor era tanta que eu estava anestesiada. Meu corpo e minha mente, no entanto, não vão permitir que eu passe por isso sem sentir. Ah, meu coração pediu tanto, implorou de joelhos, mas estes dois quando se juntam não tem escapatória: acordei com o corpo e a mente dotados de uma hipersensibilidade surreal. E aí, cada pontinha de dor eu sinto como um choque de alta voltagem. Paciência.