• Date: 2003.01.21 | Category: Uncategorized | Tags:

    Ahhhhhhhhhhh…. Desperto de um longo sono de forma lenta, gradual, como quem volta de profundezas, envolta em camadas de névoa, que se dispersam e me deixam num lugar que não sei exatamente onde é… sei que estou muito diferente do que era antes deste sono profundo. Perdi e ganhei identidade, modifiquei minha alma de um forma diversa daquela quando me prendo em um casulo, mas tenho certeza de que as transformações foram igualmente profundas. Sei que manifestações da mudança estarão mesmo em meu corpo, em meu olhar, na forma que caminho.

    Bem, acordei. Estou de volta. Mais alerta que antes, mais inteira. Disposta a me lançar em aventuras, a enfrentar dragões e moinhos de vento, a soltar para ele os cabelos no leito, a rir até a barriga doer. Aprendi no sonho mau que me atacou durante o sono que tenho de parar de dispersar forças sentindo por aqueles que não entendem ou têm utilidade para o sentimento. Melhor amar quem me ama, abraçar os amigos que esperam meu abraço.

    Felicidade é uma coisa que se conquista por dentro. E eu tenho lutado muito por ela, até que finalmente ela chegou.

    Ah, antes que me esqueça, Josie, um abraço, bem apertado. Obrigada pela linda borboleta.